Destaques Internet

Retornar para página inteira
Publicado em Thu Jan 05 20:09:10 BRST 2017 - Atualizado em Fri Jan 06 08:47:11 BRST 2017

Femperj comemora 25 anos e inaugura sede com instalações revitalizadas

A Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Femperj) realizou, nesta quarta-feira (4/1), uma solenidade para comemorar os 25 anos de criação, a revitalização completa das instalações e o resgate da própria memória. O evento ocorreu na sede da instituição, na Avenida Almirante Barroso, no Centro do Rio.

Desde que foi criada, em agosto de 1991, com o escopo de propiciar o aperfeiçoamento e a especialização de membros do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), a fundação consolidou-se como uma das lideranças no ensino jurídico, especialmente na preparação de candidatos ao concurso de ingresso na carreira do Ministério Público.

A Femperj completou seu “jubileu de prata” renovada. Com base em um projeto arquitetônico e devidamente autorizado pelo Conselho Curador da Femperj, a instituição recebeu obras de alvenaria, elétricas e hidráulicas em agosto, durante as Olimpíadas e as férias escolares. Entre as melhorias, todo o piso foi trocado, assim como as lousas da sala de aula. Banheiros foram adaptados para pessoas com deficiência.

Após as obras de revitalização, o número de salas de aula do instituto também aumentou. Isso porque duas grandes salas foram divididas em quatro menores -- com uso de divisórias, com tratamento acústico -- para comportar às variadas demandas por cursos. Essas divisórias são móveis, permitindo retomar aos tamanhos originais dos espaços.

Com a presença de cerca de 70 pessoas, a solenidade comemorativa foi conduzida por José Roberto Paredes, diretor-presidente da Femperj e coordenador do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do MPRJ. Ele agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância do instituto.

“Dos oito primeiros colocados do último concurso de ingresso na carreira do Ministério Público, dois foram alunos nossos. Ou seja, um quarto dos aprovados eram egressos daqui. A Femperj sempre foi e continua sendo uma instituição forte de ensino e de tradição”, disse o procurador, em seu discurso.

Na sequência, o procurador de Justiça Hugo Jerke, que foi o primeiro presidente da fundação, relembrou a história da criação da instituição e nomes relevantes dos últimos 25 anos. Ele disse que a ideia surgiu de Antônio Carlos Biscaia, procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro à época.

“Ele me chamou e pediu para criar uma fundação escola nos moldes da que existia no Rio Grande do Sul”, disse Jerke.

O procurador de Justiça Eduardo Gussem, nomeado recentemente para o cargo de procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro no biênio 2017/2019, participou do evento representando o atual procurador de Justiça Marfan Martins Vieira. Gussem elogiou o espaço herdado e o trabalho do procurador Paredes e demais envolvidos. Também enalteceu a visão do então procurador-geral de Justiça, Biscaia, idealizador do local para gestão do conhecimento do Ministério Público.

“O espaço hoje inaugurado é do nível das grandes instituições de ensino  e possibilitará o desenvolvimento técnico-científico do MP fluminense”, disse Gussem, após percorrer as instalações reformadas do instituto.

Para resgatar a memória fundacional da instituição, a Femperj inaugurou, durante a solenidade, um painel com a relação de nomes de seus 185 fundadores, inaugurado por Marija Yrneh Rodrigues de Moura, ex-subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Judiciais e Institucionais (2005/2009) e fundadora da instituição.

Também foi criada a galeria dos ex-presidentes da instituição, com 16 quadros. O procurador de Justiça Hugo Jerke foi o responsável pelo descerramento da galeria.

A placa de inauguração da revitalização da sede e dos 25 anos da Femperj foi descerrada pelo procurador de Justiça Eduardo Gussem.

Procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro por três vezes, Biscaia disse que, com as instalações inauguradas, a Femperj vai ministrar o conhecimento jurídico necessário, não só para que seus alunos logrem no concurso de ingresso na carreira, mas também para que assimilem a importância do MP para o Estado do Rio.

Durante a solenidade, a gerente financeira da Femperj, Rosemar Aparecida Simiano da Rosa, recebeu das mãos de Paredes uma placa de justa homenagem pela dedicação da funcionária durante a revitalização das instalações da instituição.

mais notícias